Veludo, A História Oficial

veludoEsta série de vídeos conta a história de um dos maiores expoentes do Rock Progressivo Brasileiro, a banda Veludo. Narrada pelos próprios músicos que integraram a banda, é um documento imprescindível para pesquisadores e historiadores do rock brasileiro dos anos 70.

Veludo teve seu início em 1974 e terminou em 1978 sem deixar nenhum disco gravado. Convém lembrar que naquela época o experimentalismo do seu som os afastou do mercado fonográfico, o que impossibilitou o registro histórico de uma das mais criativas bandas cariocas.

É preciso no entanto, levar em conta o contexto cultural da época para se entender em toda sua extensão a importância do trabalho desses músicos.

Eram os tempos do underground, de Píer de Ipanema, da contracultura. O momento sócio-político era o da ditadura militar e a música servia como expressão de rebeldia, o grito de revolta de uma juventude reprimida. O Veludo tornou-se, sem dúvida, no reflexo de tudo isso.

Parte 1

 

Parte 2

 

Parte 3

 

Parte 4

 

Parte 5

 

Parte 6

 

Parte 7 / Final

 

Fonte: Página Nelson Laranjeiras no YouTube

One Thought on “Veludo, A História Oficial

  1. “Se tem ou não detalhes que na verdade só poderiam ter sido revelados sobre o surgimento e a história de minha banda, o “VELUDO”, esse alguém só poderia ter sido eu mesmo e meu saudoso guitar-hero Paul de Castro, Evidente!!

    Afinal! Eu! Sim! Eu mesmo! Elias, um, dos pais legítimos e fundador mor da banda, atenção! Tenho de ver aqui para que se faça justiça e ter de publicamente “declarar” que jamais fui informado ou sequer consultado antes, sobre a publicação recentemente lançada do documentário “Veludo – A história oficial”. Nós dois, que nos dedicávamos a ensaiar, cerca d e 8hs-dia, todos os dias! Durante mais de 6 meses, apenas para poder estrear! E só agora, após tenebrosos 20 anos hibernando estar sendo reconhecidos como o que de melhor do brasil se fez pra música. E para o “Rock- Prog” em todos os tempos. ( Vide a enciclopédia “En busca del tiempo perdido). Portanto em suma fica aqui o meu pequeno protesto por não terem tido essa consideração fundamental!
    Assim o feito se torna suspeito, tendencioso, retalhado!”
    Elias Mizrahi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation